Mãos

  • A QUIMIOTERAPIA E OS EFEITOS SECUNDÁRIOS NA PELE

    QUIMIOTERAPIA E EFEITOS NA PELE

    As complicações cutâneas no paciente com cancro como resultado da quimioterapia são frequentes. Os tratamentos citostáticos (aqueles que impedem o crescimento das células, incluindo as células causadoras do cancro, sem destruí-las e impedir que os tumores cresçam e se espalhem sem reduzir seu tamanho) são cada vez mais agressivos, mas permitem que pacientes com neoplasias possam sobreviver a um longo tempo livre de doença.

    Continuar a ler

    Post's author

    Reme Navarro

    Reme Navarro Escrivá

    Farmacêutica e Nutricionista. Licenciada em Farmácia pela Universidade de Valência no ano de 2007, Licenciada em Nutrição na mesma universidade em 2009. Dedicada ao mundo da saúde e da farmácia há mais de 15 anos. Entre reunião e reunião em Mifarma, escrevo este blog sobre os temas que considero interessantes para a saúde e o cuidado pessoal.

1 item(ns)